Andei todo este tempo em busca da felicidade, mas no final percebi que estava era a sofrer. A felicidade não requer que se procure, ela encontra-se nas pequenas coisas do nosso dia-a-dia: no abraço da minha família; nas palavras ditas por pessoas que nem sequer eram assim tão importantes para mim, no sorriso de alguém, numa música, num filme... Procurava a minha felicidade, em coisas que apenas me davam tristeza. Foi aí que parei e reflecti. Eu já sou feliz, eu já tenho aquilo que preciso do meu lado! 

7 comentários:

  1. olá. venho só avisar que vou privar o blog.
    se quiseres continuar a seguir manda mail com o teu mail da conta para ritinhafern@hotmail.com
    *

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto do blog assim, esta lindo!

    ResponderEliminar
  3. desculpa só responder agora, mas só vim agora á net.
    sim, e obrigada pelo mini-desabafo :)
    ps: o texto está lindo!

    ResponderEliminar
  4. sim, também vi, simplesmente lindo *-*
    sim, um bocado confuso no fim, também achei, mas marcou-me aquele filme nem sei bem porquê.

    ResponderEliminar

«Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente!»

Obrigado pelo comentário*