Há circunstâncias que a vida me oferece que me vão tornando um ser inanimado! Em mim apenas sinto o gelo que me queima por dentro, e a cada movimento ouço o som dele a quebrar, mas logo se junta e se mantém assim, inquebrável. Já não sei se há alguma razão. Não encontro o motivo de muitos acontecimentos que me rodeiam, Preciso de paz, um momento para comigo mesma! Preciso descobrir qual o melhor caminho para voltar a casa. Digam-me, porque é que são sempre os que mais nos tocam que se vão sempre embora? Porque é que um mal nunca vem só? Porque é que este gelo teima em ficar em mim? Porquê o medo? Vivo constantemente com uma sensação de abandono, de falta. Não sei seleccionar as pessoas nem os momentos. Não sei lidar com a dor de deixar alguém partir. Queria ser forte, e ter a capacidade de mandar "lixar" tudo o que me faz mal.
Nada é eterno, e eu não quero tentar fingir ser como Deus.

7 comentários:

  1. esta lindo querida e eu as vezes tambem nao sei lidar com a dor :)
    FORÇA querida :)

    ResponderEliminar
  2. oh :$
    obrigada, obrigada mesmo :D
    - e obrigada também, por me seguires, e de nada :p

    ResponderEliminar

«Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente!»

Obrigado pelo comentário*