Há gente que sente!


"Gente que sente anda para trás, na tentativa de voltar no tempo e encarar a penúltima esquina com um bilhete de quem sente falta. Quem sabe sentir, volta correndo para tentar viver de novo. E não funciona. Mas gente que sente não desiste. Fecha os olhos todos os dias quando vai dormir, e tenta voltar ao fim, na tentativa de modificar. Mas nunca funciona. E é por isso que gente que sente vive a vida no passado recolhendo fotos no chão. Quem sente não anda com os pés e sim com o pensamento. E ah!  Pensamento de quem sente vive longe, na tentativa de recomeçar."

Brenda Viegas

4 comentários:

«Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente!»

Obrigado pelo comentário*