"E peço baixinho para que me encontres e me segures forte com os teus braços enquanto eu tento correr, porque eu corro sempre de tudo aquilo que cresce e fica enorme em mim. Eu corro, assusto-me, penso que amor de mais não cabe, mas quando me seguras, sinto o teu cheiro na gola da tua blusa, paro e rio. Rimos sem parar. Porque aí, tudo fica bem."

Clarissa M. Lamega

8 comentários:

  1. muito obrigada querida, bem preciso o.O igualmente fofinha!

    ResponderEliminar
  2. No meu caso eu escolhi ficar com o único rapaz que alguma vez amei , com o rapaz que me ensinou o significado de amar .
    Ela por vingança tentou fazer de tudo para nos separar . e ele nem sabia inicialmente que ela gostava dele :x

    ResponderEliminar
  3. ''Eu corro, assusto-me, penso que amor de mais não cabe, mas quando me seguras, sinto o teu cheiro na gola da tua blusa, paro e rio.''
    ADOREI*-*

    ResponderEliminar
  4. Desculpa a demora, obrigado linda e igualmente que este no corra como mereces, que seja melhor que o que passou e pior que aquele que virá :D bjokas

    ResponderEliminar
  5. Olá!
    Façam um favor a minha pessoa e carreguem nos links abaixo e votem sff:

    http://karlformetro.com/pt/view/ceqt/Slim_Waist

    http://karlformetro.com/pt/view/ceqs/New_Year_New_Same_Life

    Obrigada!

    Um beijinho,
    Raquel Neves

    ResponderEliminar
  6. De sua playlist, gostei muito de The Afters - Ocean Wide, certamente irá para minha lista!
    Seu texto, transpira a vontade de segurança. Gostei.

    ResponderEliminar

«Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente!»

Obrigado pelo comentário*